NOTÍCIASPOLÍTICASALVADOR

ACM Neto e Rui Costa têm altas taxas de aprovação na capital baiana

Principais cabos eleitorais do pleito municipal em Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM) e o governador Rui Costa (PT) continuam com altas taxas de aprovação na capital baiana.

Segundo a pesquisa A TARDE/Potencial Pesquisa, 34% dos entrevistados consideraram a gestão de Neto ótima e 38% a avaliaram como boa. Outros 20% afirmaram que a administração municipal é regular, enquanto 2% disseram que é ruim e 4%, péssima.

O governo Rui, por sua vez, foi classificado como ótimo por 28% e bom por 35%. Para 27% dos entrevistados, a gestão estadual é regular, ao passo que 3% consideraram ruim e 5% avaliaram como péssimo.

Neto tenta fazer Bruno Reis (DEM) seu sucessor. Já a base de Rui Costa tem quatro candidaturas em sua base, embora o governador tenha como candidata a Major Denice Santiago (PT).

O chefe do Executivo baiano foi o responsável por indicá-la no começo do ano para disputar a eleição, enfrentando, inclusive, a insatisfação de aliados e correligionários na época.

Em situação inversa à de Neto e Rui com o eleitorado soteropolitano está o presidente Jair Bolsonaro, conforme a pesquisa, já que 51% dos entrevistados definiram o seu governo como péssimo, e 11% como ruim. O trabalho de Bolsonaro foi considerado regular por 20%, bom por 9% e ótimo por 8% dos ouvidos pelo instituto.

Coronavírus

O instituto também questionou os soteropolitanos sobre as ações adotadas pelos governos para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

As medidas adotadas pela prefeitura de Salvador são apoiadas por 85% dos entrevistados e reprovadas por 11%, enquanto 4% não opinaram a respeito.

Em relação às ações do governo estadual, 82% concordaram, 13% discordaram e 5% não responderam.

Já a atuação do governo federal foi desaprovada por 71% e contou com o apoio de somente 23%. Outros 7% não se posicionaram.
Do A Tarde

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde,(24/09/2020)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + três =

Botão Voltar ao topo