BRASILCORONAVÍRUSDESTAQUE

Após ficar na UTI por causa do coronavírus, mulher acorda do coma sem saber que deu à luz

Grávida de 34 semanas quando foi diagnosticada com o coronavírus, a advogada Danubia Leida ficou internada por 19 dias na UTI do Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, Santa Catarina. Quando acordou do coma, não lembrava de nada e não sabia se sua filha estava viva.

“Cheguei no dia 6 de outubro, grávida. Depois de 19 dias acordei sem lembrar de nada e já não estava mais grávida. Eu estava confusa, completamente assustada. Naquele momento pensei que havia perdido a minha filha”, afirmou a advogada de 38 anos.

Danubia mora em Maravilha (SC) e chegou a Chapecó com o pulmão gravemente comprometido pela Covid-19. “Acordei sem saber se era um sonho e se minha filha estava viva ou não”, relembrou.

Segundo o ND+, Maria Luiza Leida Agustini, que está com 4 meses, nasceu saudável no dia 7 de outubro de 2020 e logo foi levada a Maravilha, onde ficou aos cuidados do pai. Já Danubia teve alta no dia 25 de outubro.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: BNews, 20/02/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

Botão Voltar ao topo