BRASILEIRÃOESPORTENOTÍCIAS

Bahia perde para o Flamengo em jogo com 5 gols e duas expulsões

Bahia e Flamengo protagonizaram um jogo caótico na Arena Fonte Nova. Cinco gols, duas expulsões para o tricolor, polêmica na arbitragem e, no fim, vitória do rubro-negro carioca por 3×2 na tarde deste sábado (13), pela 6ª rodada do Brasileirão. O Esquadrão deu trabalho para o rival e, mesmo com a inferioridade numérica no segundo tempo, fez pressão, mas não conseguiu chegar ao empate.

Em um primeiro tempo muito movimentado, o Fla saiu na frente com Matheus França e Gabigol, que anotaram em um intervalo de seis minutos. Biel descontou pouco depois, mas, no fim da etapa, David Luiz aumentou mais uma vez a vantagem do visitante. O Bahia voltou equilibrado para o segundo tempo, e conseguiu diminuir com Ademir ainda aos 5 minutos. Mas Rezende e Kanu foram expulsos, e o resultado permaneceu até o fim.

Com a derrota, o Esquadrão mantém os seis pontos e fica, neste momento, na 13ª posição. Vale lembrar que esse foi o primeiro duelo da 6ª rodada, e o tricolor ainda pode ser superado na tabela.

O Bahia volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado (20), às 16h, na Fonte Nova, para enfrentar o Goiás. Antes, na quarta-feira (17), tem compromisso pela Copa do Brasil. O Esquadrão enfrenta o Santos às 19h, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final.

Primeiro tempo

Para enfrentar o Flamengo, o Bahia teve cinco mudanças com relação ao time que perdeu para o Santos na rodada anterior. A zaga teve o retorno de Rezende, que ocupou a vaga de David Duarte. Nas alas, Vitor Jacaré, que cumpriu suspensão no jogo passado, e Matheus Bahia também voltaram – Cicinho ficou no banco e Chávez, com dor no tornozelo direito, foi vetado. No meio, o técnico Renato Paiva optou por Yago Felipe e Cauly, com Acevedo e Ademir entre os reservas.

A partida começou agitada na Fonte Nova. Os dois times saiam em busca do ataque a todo momento, cada um com sua estratégia. O Bahia tentava propor o jogo, enquanto o Flamengo apostava nos contra-ataques.

O primeiro momento de perigo tricolor veio ainda aos 2 minutos, quando Yago Felipe arriscou de fora da área, mas mandou por cima do gol. Aos 6, o Esquadrão ficou perto de abrir o placar, quando Cauly cobrou falta lateral e quase encobriu Matheus Cunha. Mas o goleiro deu um tapinha para fora e salvou o rubro-negro. Já o Fla teve boas chegadas com Arrascaeta e Cebolinha, mas pecava no último chute.

Os minutos seguintes tiveram pressão do anfitrião. Aos 16, Thaciano arriscou da entrada da área, mas o chute saiu à direita do gol. Dois minutos depois, Ryan recebeu de Rezende e fez cruzamento perigoso, que por pouco Biel não completava. Aos 19, Jacaré cruzou da direita, mas David Luiz cortou.

Melhor até então e com mais finalizações, o Bahia levou dois banhos de água fria relâmpagos. Após cobrança de falta de Arrascaeta, David Luiz desviou, e Matheus França colocou a bola na rede: 1×0, aos 23. Três minutos depois, o uruguaio driblou Vítor Hugo, e foi derrubado dentro da área. Gabigol cobrou com categoria e ampliou, aos 29.

O Esquadrão respondeu aos 34, com um golaço de Biel: depois de jogada envolvendo Cauly e Thaciano, o camisa 11 recebeu e chutou de primeira, acertando o cantinho. Mas o Flamengo voltou a abrir dois gols de vantagem. De novo, em lance que começou com bola parada. Cebolinha cobrou falta na cabeça de David Luiz, que assinalou o terceiro do rubro-negro, aos 49.

Segundo tempo

Com a vantagem do Flamengo no placar, Sampaoli surpreendeu na volta do intervalo: fez todas as cinco substituições de vez. Trocou até o goleiro Matheus Cunha, promovendo a entrada de Santos. Foi uma decisão inédita no Brasileirão.

O Bahia, que não tinha nada a ver com isso, aproveitou. Aos 5 minutos do segundo tempo, Ryan cobrou falta e cruzou na área. Ademir chutou, a bola passou por baixo de Santos e entrou. Jacaré teve chance de assinalar o empate aos 10, mas o goleiro defendeu no centro do gol.

O Esquadrão continuou fazendo pressão. Aparecia com bastante intensidade, na busca pelo terceiro gol. Aos 20, Biel cruzou, e Thaciano cabeceou, à direita do gol. No minuto seguinte, o camisa 16 teve outra chance, mas finalizou sem direção. Biel também tentou, mas a bola foi nas mãos de Santos.

O cenário para o tricolor, porém, se complicou pouco depois. Aos 28 minutos, Rezende levou o segundo amarelo, após falta em Wesley, e foi expulso. Dois minutos depois, Kanu também recebeu o segundo amarelo, em lance polêmico de dividida com Gabigol. Ele deixou o campo muito revoltado, e o Bahia ficava com dois homens a menos.

Era de se esperar que o Flamengo passasse a controlar completamente a partida a partir dali – o que não aconteceu. O Esquadrão quase chegou ao empate com Cauly aos 33, mas que foi por cima do gol. Aos 42, Ademir cobrou falta e Acevedo cabeceou na segunda trave, mas não acertou o alvo. O rubro-negro chegou a ver Gabigol estufar de novo as redes, mas estava impedido. Assim, o placar foi selado.

FICHA TÉCNICA

Bahia 2×3 Flamengo – Campeonato Brasileiro (6ª rodada)

Bahia: Marcos Felipe, Kanu, Vítor Hugo (Ademir) e Rezende; Jacaré, Yago Felipe (Acevedo), Thaciano, Cauly e Matheus Bahia (Ryan); Biel e Arthur Sales (Kayky). Técnico: Renato Paiva.

Flamengo: Matheus Cunha (Santos), Fabrício Bruno, David Luiz (Wesley), Léo Pereira e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Erick Pulgar), Victor Hugo, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Matheus França (Vidal), Everton Cebolinha (Bruno Henrique) e Gabigol. Técnico: Jorge Sampaoli.

Local: Arena Fonte Nova
Gols: Matheus França, aos 23 minutos, Gabigol, aos 29 minutos, Biel, aos 34 minutos, David Luiz, aos 49 minutos do primeiro tempo; Ademir, aos 5 minutos do segundo tempo;
Cartões amarelos: Vitor Hugo, Ademir, Yago Felipe e David Duarte (no banco), do Bahia; Vidal, Fabrício Bruno, Léo Pereira, Arrascaeta e Ayrton Lucas, do Flamengo;
Cartões vermelhos: Rezende e Kanu, do Bahia
Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG), auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Marcyano da Silva Vicente (MG)
VAR: Wagner Reway (PB)

Correio/BA, 14/05/2023
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezessete =

Botão Voltar ao topo