BAHIAECONOMIANOTÍCIAS

Bahia registrou em 2019 menor número de nascimentos desde o início do século XXI, diz IBGE

O número de nascimentos registrados em Salvador e na Bahia como um todo, em 2019, foi o menor desde o começo do século XXI, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira (9). O estudo também avaliou a faixa etária das novas mães e números de casamentos e divórcios, que tiveram queda.

De acordo com as estatísticas do Registro Civil, no ano passado, foram registrados 196.951 nascimentos na Bahia, número 2,8% menor que o de 2018 (202.868) e o mais baixo desde 2001, quando foram registradas 226.061 novas crianças em todo estado.

Entre 2018 e 2019, o número de nascimentos registrados também caiu no Brasil como um todo (-3%), de 2.899.851 para 2.812.030 (menos 87.821 registros). Houve diminuição em 24 das 27 unidades da Federação, e apenas Roraima (+14,4% ou mais 1.624 nascimentos), Amazonas (+0,4%, ou mais 312) e Mato Grosso (+0,4% ou mais 234) tiveram alta no número de nascidos registrados.

No outro extremo, as quedas mais acentuadas, em termos percentuais, ocorreram no Rio de Janeiro (-5,4% ou menos 11.677), no Rio Grande do Norte (-4,7% ou menos 2.266) e em Alagoas (-4,7% ou menos 2.418). A Bahia ficou em 15º no ranking dos estados com maiores reduções de nascimentos.

Casamentos civis

Depois de crescer e bater recordes seguidos por cinco anos, o número de casamentos caiu na Bahia, entre 2018 e 2019, passou de 68.623 para 66.557 (-3,0% ou menos 2.066 casamentos). A redução foi puxada pelos casamentos entre pessoas de sexos diferentes, que diminuíram de 68.335 para 66.232 (-3,1% ou menos 2.103 uniões).

Fonte: G1 Bahia, 09/12/2020

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 13 =

Botão Voltar ao topo