BAHIANOTÍCIASPOLÍTICA

Capitão Alden (PSL), acusa que colegas oposicionistas recebiam R$ 1,6 milhão da prefeitura de Salvador

O líder do bloco parlamentar Patriota-PSC-PSL na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Josafá Marinho (Patriota), afirmou, em entrevista ao BNews nesta terça-feira (27), que o grupo vai se reunir para discutir o que fazer após um dos integrantes, Capitão Alden (PSL), acusar, sem provas, que colegas oposicionistas recebiam R$ 1,6 milhão da prefeitura de Salvador.

“Fui pego de surpresa. […] Como líder do bloco, ainda não consegui falar com os outros deputados, mas foi uma declaração absurda. Primeiro, porque não tenho nenhuma relação, hoje, com a prefeitura de Salvador”, disse Josafá.

A bancada de oposição, liderada por Sandro Régis (DEM), anunciou que vai apresentar uma ação por quebra de decoro no Conselho de Ética da Casa, além de acionar a Justiça, para cassar o mandato de Alden.

“Me senti ofendido, qualquer um se sente ofendido. Todos estão irritados. Acredito que foi uma irresponsabilidade, um ato até insano”, completou Josafá.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: BNews, 27/04/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 5 =

Botão Voltar ao topo