BRASILDESTAQUEPOLÍTICA

Centrão articula que Tereza Cristina substitua Ernesto Araújo no ministério das Relações Internacionais

Após conseguir emplacar Arthur Lira (PP-AL) na presidência da Câmara, os membros do Centrão seguem articulando para conseguir cargos-chave na gestão do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

Mesmo com o presidente negando que dará qualquer cargo na Esplanada dos Ministérios para legendas aliadas, as especulações dão conta de que o bloco tenta emplacar a atual ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM) no Ministério das Relações Exteriores.

A iniciativa visa retirar o chanceler Ernesto Araújo de um cargo oficial de governo, após as polêmicas com a China, e liberar o Ministério da Agricultura para a indicação do bloco, fortemente ligado ao agronegócio.

O bloco argumenta que Tereza Cristina tem forte trânsito entre os mercados internacionais, já que mantém diálogo frequente com o embaixador chinês Yan Wanming e com setores de importação do agronegócio, e soube trabalhar evitar retaliações comerciais durante a escalada de declarações ideológicas de Ernesto e do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 09/02/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 20 =

Botão Voltar ao topo