MUNDONOTÍCIASPOLÍTICA

Comissão de Drogas da ONU retira maconha de lista de drogas mais perigosas

A Comissão de Drogas da ONU aprovou, hoje (2), a reclassificação da maconha para abrir espaço para seu uso médico mais amplo. A nova classificação retira a substância do Anexo IV da Convenção sobre Drogas Narcóticas de 1961, lista das drogas mais perigosas, como a heroína. A proposta já havia sido apresentada em 2019 pela OMS, mas existia muita resistência ao tema.

O Brasil votou contra a proposta, assim como a China, o Egito, a Rússia e a Turquia. Os EUA, o Canadá, grande parte da Europa e os governos do Uruguai, da Colômbia, do Equador e do México votaram a favor da reclassificação da droga. 27 países tiveram votos favoráveis e 25, contrários, além de uma abstenção.

Não foram aprovadas, porém, as propostas para garantia de maior liberdade de uso da canábis. O tratado internacional não tratou da liberação da substância e concede a cada um dos países total soberania para decidir sobre como lida com a droga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Metro1, 02/12/2020

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =

Botão Voltar ao topo