BRASILDESTAQUEPOLÍCIA

Diretor pede exoneração após denúncias de regalias a Dr. Jairinho e mãe de Henry em presídio

O diretor da cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, no Rio de Janeiro, pediu exoneração do cargo após denúncias de regalias ao casal Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho e Monique Medeiros. Eles estão na cadeia para audiência de custódia após a morte de Henry Borel, filho de Monique.

Presos desde o último dia 8 por suspeita de envolvimento na morte de Borel Medeiros, de 4 anos, eles passaram algumas horas na unidade prisional até serem transferidos para no mesmo dia. As informações são do jornal O Globo.

Jairinho foi para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, e Monique, para o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói. Conforme apuração do jornal, Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro informou que a exoneração a pedido em razão do gestor “discordar das denúncias de supostos privilégios”.

A pasta afirmou que as imagens de câmeras de segurança da cadeia pública foram encaminhadas ao Ministério Público do estado.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 14/04/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 10 =

Botão Voltar ao topo