CACHOEIRANOTÍCIASPOLÍTICA

Em reunião, SSP define medidas para aumentar segurança da prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga

Escolta e outras ações preventivas serão reforçadas pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) para garantir a segurança da prefeita do município de Cachoeira, Eliana Gonzaga de Jesus. A gestora se reuniu com o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, e com a delegada-geral, Heloísa Brito, na manhã desta quinta-feira, 22, no Centro de Operações e Inteligência (COI).

Eliana Gonzaga tem sofrido ataques desde a campanha eleitoral, quando foi alvo de ataques racistas nas redes sociais. Dias após sua vitória, dois de seus principais aliados políticos foram assassinados em crimes com indícios de execução. Por fim, ela passou a receber ameaças de morte e avisos para que renunciasse ao cargo.

Antes de tomar posse, a prefeita recebeu um telefonema em que uma rajada de arma de fogo foi disparada do outro lado da linha. Desde então, passou a andar com escolta armada e carro blindado. No início deste mês, ela foi intimidada por homens em uma motocicleta enquanto participava de uma ação de vacinação para Covid-19 em um drive-thru na cidade. Eles fugiram após a presença de policiais no local.

Diante da situação, na última terça-feira, 20, um grupo de 56 entidades do movimento negro e sindical emitiu uma nota de solidariedade à prefeita e cobrou apuração rígida do caso pela SSP. A União dos Municípios da Bahia (UPB) também repudiou as ameaças, que foram reveladas em primeira mão pelo colunista de A TARDE, Levi Vasconcelos. .

“As polícias estão atentas. Vamos fazer tudo o que estiver ao alcance da Segurança Pública para levar à Justiça os responsáveis”, garantiu, em nota, o secretário Ricardo Mandarino.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 22/04/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + dez =

Botão Voltar ao topo