BAHIANOTÍCIASPOLÍCIA

Empresário acusado de estupro é encontrado morto na própria residência, em Ubatã-BA

O empresário Egenildo de Almedia Nunes,da cidade de Ubatã, procurado pela policia, acusado de crime de exploração sexual foi encontrado morto pela policia, na madrugada deste sábado, 3, na própria residência, em Ubatã.

Egenildo atuava nos setores de material de construção, postos de combustível, gado, fazendas, hotéis e mercado financeiro.

O empresário teria deixado uma carta, em que relata a motivação do ato: “Não sou esse mostro”.

O empresário estava sendo acusado de inúmeras denúncias nos últimos dias, após uma ação do Gaeco e MP. Na carta que circula nas redes sociais, ele acusa o pai das duas adolescentes de extorsão.

Acusação

Eugenildo estava sendo acusado de “explorar sexualmente de meninas carentes, ao prometer dinheiro, emprego e moradia aos famíliares das vítimas”.

A policia que encontrou aparelhos eróticos, lingeries, lubrificantes e armas. A operação cilada, deflagrada pelo Ministério Público, tinha cumprido mandados de busca e apreensão na residencia do empresário, bem como mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 03/04/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + seis =

Botão Voltar ao topo