BRASILDESTAQUEJUSTIÇA

Lewandowski permite que TCU tenha acesso a mensagens vazadas para investigar atuação de Moro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu permitir que o Tribunal de Contas da União (TCU) tenha amplo acesso às mensagens vazadas do ex-juiz Sergio Moro e de procuradores da Operação Lava Jato.

De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, o TCU investiga eventual conflito de interesses na contratação de Moro pela empresa Alvarez & Marsal, administradora judicial das empresas do grupo Odebrecht.

O ministro Bruno Dantas, relator do processo sobre Moro, acredita que as mensagens podem comprovar se o ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro orientou a ação de procuradores da Lava Jato em operações contra a Odebrecht.

Elas teriam ajudado a levar a empresa a uma situação de insolvência, hoje administrada pela empresa em que Moro trabalha e é remunerado. “Como se diz popularmente, o mesmo agente teria atuado nos ‘dois lados do balcão’”, escreveu Dantas em seu despacho.

Na avaliação do ministro, se faz necessário afastar a hipótese de que Moro esteja sendo remunerado por “informações privilegiadas que possa repassar” sobre processos envolvendo a Odebrecht.

Ele acatou os argumentos do Ministério Público Federal junto ao TCU que apontaram o eventual conflito de interesses. De acordo com o procurador Lucas Rocha Furtado, Moro pode ter contribuído para a situação de insolvência da empresa em sua atuação como magistrado.

Agora, Moro  estaria ganhando dinheiro ao trabalhar em seu processo de recuperação.

“É elevadíssimo o risco de conflito de interesse na atuação desse profissional [Moro] Em um primeiro momento, contribui para a situação econômico-financeira atualmente vivenciada pela empresa. Na sequência, passa a auferir renda junto à administradora judicial [Alvarez & Marsal] nomeada na recuperação judicial. Como se diz popularmente, o mesmo agente teria atuado nos ‘dois lados do balcão'”, avalia Dantas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: BNews, 03/03/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − cinco =

Botão Voltar ao topo