NOTÍCIASPOLÍCIASALVADOR

Manifestantes na Barra mandam recado ao Comando Geral da PM: “Fora Coutinho”

Os manifestantes que participam do ato após a morte do soldado Wesley no largo do Farol da Barra pediram a saída do Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel Paulo Coutinho, da função. Na manhã desta segunda-feira (29), incitados pelo deputado Prisco (PSC), atribuíram a culpa pela operação que resultou na morte do PM a alta cúpula da Polícia Militar e ao governador Rui Costa (PT).

Pelo que foi dito no evento, será contratado o mesmo perito que cuidou do caso Cabula e Geovane para avaliar tecnicamente a operação que resultou na morte do PM. O custeio seria feito pela ASPRA (Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia).

Em fala para os manifestantes, o deputado afirmou que deve ser encontrado o culpado pela morte do agente e apontou o governador Rui Costa (PT) como mandante do caso. “A gente não pode ficar só gritando, tem que achar medidas jurídicas”, disse o deputado Prisco.

Vale destacar que, em dado momento, representantes dos praças tentaram falar que ainda não sabe a motivação do surto de Wesley, mas os manifestantes interromperam para falar que ele queria trabalhar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: BNews, 29/03/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + dezesseis =

Botão Voltar ao topo