BRASILDESTAQUEJUSTIÇA

Ministério da Justiça dá prazo para operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo explicarem vazamento de dados

Órgão vinculado ao Ministério da Justiça, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, notificou as operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo e para dar explicações sobre o vazamento de dados dos celulares Ao todo, segundo empresa especialista em segurança cibernética, 103 milhões de celulares tiveram seus dados afetados. O prazo para resposta das operadoras é de 15 dias.

O objetivo é identificar quem teve os dados acessados neste mês, quais informações foram obtidas e de que forma foram vazadas. Segundo as operadoras nenhum vazamento foi identificado. Todas afirmam estar colaborando com as autoridades.

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão responsável por fiscalizar e editar normas previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), também informou que está apurando o vazamento dos dados. O vazamento de dados atingiu, inclusive, autoridades como o presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: Metro1, 16/02/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 2 =

Botão Voltar ao topo