DESTAQUEMUNDO

Novos protestos contra racismo nos EUA deixam morto e vários presos

Ao menos 45 manifestantes foram presos e policiais ficaram feridos em confrontos no maior protesto em semanas do movimento Black Lives Matter (“Vidas Negras Importam”, em inglês) em Seattle, no estado americano de Washington, neste sábado (26). A manifestação contra o racismo teve um gás novo após os episódios de violência entre ativistas e agentes federais nas proximidades de Portland, no Oregon.

Em Austin, no Texas, uma pessoa foi morta quando vários tiros foram disparados em meio a um protesto. De acordo com o departamento de polícia de Austin, não houve outras mortes ou pessoas baleadas durante o tiroteio.

Polícia e manifestantes se reúnem em torno de um manifestante que foi baleado após vários disparos durante um

Segundo a polícia, os agentes de segurança usaram armas não letais para tentar dispersar milhares de manifestantes no fim da tarde, depois que alguns participantes do protesto atearam fogo em um centro de detenção juvenil e um tribunal.

A polícia de Seattle informou no Twitter que 21 policiais ficaram feridos depois de serem atingidos por tijolos e explosivos. “A maioria conseguiu voltar ao serviço. Um foi levado a um hospital com uma lesão no joelho”, escreveu.

Antes, a polícia afirmou que estava trabalhando para garantir o acesso dos bombeiros aos focos de incêndio, provocado por um grupo de cerca de uma dúzia de manifestantes.

 

Fonte: G1, (26/07/2020).

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 1 =

Botão Voltar ao topo