BRASILDESTAQUEECONOMIA

Número de famílias vivendo em extrema pobreza aumenta em 130 mil em São Paulo

O número de famílias que vivem em situação de extrema pobreza na capital paulista cresceu em mais de 130 mil, entre março de 2022 e março de 2023. Os dados foram divulgados pela Smads (Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social) nesta terça-feira (25).

Dados do Cadastro Único mostram que, em março deste ano, 792.726 famílias estavam em situação de extrema pobreza, segundo a Smads. Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, foram registradas 655.880 famílias nessas condições. Ou seja, houve aumento de 136.846 famílias em extrema pobreza em São Paulo.

Também de acordo com a Smads, “são consideradas famílias em extrema pobreza aquelas com renda per capita mensal de até R$ 109”. A comparação entre os meses de janeiro, fevereiro e março de 2022 com o mesmo período deste ano mostra também que a quantidade de famílias aumentou 20,8%.

Ainda em 2022, em julho eram 690.933 famílias em extrema pobreza na cidade. Em agosto, 704.073; em setembro, 721.147; em outubro, 741.037; em novembro, 748.567; e, em dezembro, 760.386.

 

 

 

 

 

 

R7, 25/04/2023

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

Botão Voltar ao topo