MUNDONOTÍCIASPOLÍCIA

Policial acusado de matar George Floyd nos EUA, é libertado após pagar US$ 1 milhão de fiança

Derek Chauvin, ex-policial de Minneapolis, acusado pela morte do ex-segurança negro George Floyd, ganhou liberdade condicional hoje (7) após pagar US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,6 milhões) de fiança.

Chauvin, 44 anos, foi flagrado em vídeo quando utilizou o joelho para sufocar e matar Floyd. O assassinato, ocorrido em maio, iniciou uma onda de protestos pelo fim do racismo e da violência policial em todo o mundo, mas principalmente nos EUA.

Segundo os documentos da Justiça dos Estados Unidos, ele não poderá voltar ao trabalho policial e nem se aproximar da família de George Floyd. Também perderá sua licença para usar armas de fogo.

Chauvin e os outros três ex-agentes da polícia americana, indiciados como cúmplices, serão julgados em março. Ele pode pegar até 40 anos de prisão.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Metro1,( 07/10/2020)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 9 =

Botão Voltar ao topo