EMPREGOSNOTÍCIASSALVADOR

Rodoviários e donos de empresas de ônibus de Salvador chegam a acordo

Os rodoviários e os donos de empresas de ônibus chegaram a um acordo nesta quarta-feira (24), após uma nova reunião em Salvador. Foi aprovado um reajuste salarial de 4,2%, além de aumento no tíquete refeição e ajustes no quadro de compensação de horas. As informações foram confirmadas pelo presidente do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Fábio Primo.

Inicialmente, os rodoviários pediam um reajuste salarial entre 10% e 11% e a contrapartida dos donos das empresas foi de 1,98%, que não foi aceita pelos funcionários.

Com a decisão dessa quarta-feira, os rodoviários também terão o aumento de 4,2% no tíquete alimentação e a compensação de horas passará de seis meses para três.

Além disso, os funcionários receberão em dinheiro 50% das horas extras feitas e terão um seguro de R$ 2,5 mil em caso de acidentes.

Após o acordo, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informou, através de nota, que os ônibus coletivos da frota convencional e do BRT vão circular normalmente na quinta (25).

Entenda caso

Os impasses entre os rodoviários e os donos das empresas de ônibus de Salvador começaram em abril deste ano. No dia 4 de maio, os funcionários paralisaram parte da frota durante a madrugada para realizarem assembleias nas garagens dos ônibus.

Pelo menos três reuniões entre as duas partes foram realizadas na capital baiana entre os dias 16 e 23 de maio, mas nenhum acordo havia sido fechado.

Os rodoviários comunicaram que ficariam em estado de greve até quinta-feira e, caso um acordo não fosse fechado, iniciariam a mobilização em Salvador.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

Botão Voltar ao topo