BRASILNOTÍCIASPOLÍTICA

ABRACAM, realiza seminário debatendo o papel do vereador e criação de novos municípios

O vereador de Salvador, Gilvan de Souza (PSDB), participou durante os dias 27, 28, 29 e 30 de setembro, do seminário “Vereador como Agente de Mudança e Transformação Social”. O evento foi promovido pela Associação Brasileira de Câmaras Municipais (Abracam).

O objetivo da iniciativa é criar e compartilhar uma base de conhecimento “reescrevendo o papel do vereador, nas suas nobres funções, sobretudo de valorização daquele que é, e sempre será, a base e o alicerce, da pirâmide política brasileira”.

Ao longo da semana, o vereador participou de capacitações e rodadas de discussão sobre relevantes temas atuais com base nos novos desafios do mandato do vereador, como a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), papel do vereador na construção de uma cidade inteligente, marco regulatório dos resíduos sólidos, atualização da Lei Orgânica Municipal; além de conceituação sobre emendas no orçamento, fiscalização e a aplicação dos recursos públicos municipais.

“Esse é um seminário que qualifica e protagoniza o vereador. O legislativo é a base política, o elo principal entre a população e a assistência pública necessária. Por isso, o mandato de vereador não pode ser feito de assistencialismo, nem de discurso, é primordial a construção de políticas públicas. Precisamos desse olhar apurado e investir no aperfeiçoamento contínuo; das nossas decisões, são definidos os projetos e ações que interferem na vida das pessoas”, argumentou Gilvan.

No último dia, o seminário contou com um encontro para debater as reivindicações dos vereadores emancipalistas. Na oportunidade, foi criada a Frente Parlamentar dos Vereadores Emancipalistas.

“Nós criamos dentro da ABRACAM uma frente nacional, tendo como finalidade, mobilizar os vereadores emancipalistas do Brasil todo, verificando os municípios onde há viabilidade econômica e social para sobrevivência; para sensibilizar e agilizar as propostas que estão paradas no Congresso Nacional”, explicou Rogério Rodrigues, presidente nacional da ABRACAM.

Representante da Bahia no evento, Gilvan Souza foi convidado para compor a frente como coordenador de articulação política em Brasília. Segundo o vereador, esse é um assunto que precisa de uma visão técnica e baseada nas necessidades coletivas.

“É um assunto atual, que precisa ser entendido e debatido com informações coerentes”, completou o parlamentar.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 03/10/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + quatro =

Botão Voltar ao topo