BRASILDESTAQUEPOLÍTICA

Empresa da ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina, teve mais de mil saques entre 2008 e 2014

Uma empresa aberta em 2007 por Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), registrou um total de 1.185 saques que somaram R$ 1,15 milhão em espécie entre 2008 e 2014 de acordo com relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que foi entregue ao Ministério Público do Rio (MP-RJ).

No documento, o órgão apura também a movimentação suspeita de depósitos que totalizaram R$ 532,2 mil nas contas de Ana Cristina.

De acordo com o Ministério Público do Rio (MP-RJ), as “movimentações financeiras atípicas” são indícios de que empresas vinculadas a Ana Cristina tenham sido “utilizadas para ocultação de desvio de recursos públicos oriundos do esquema de ‘rachadinha’ na Câmara de Vereadores” no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro, filho dela.

O maior volume de saques em espécie registrado pela empresa de Ana Cristina ocorreu em 2008, quando R$ 274 mil foram retirados após 215 saques. Em 2009, 168 saques foram feitos totalizando R$ 194,2 mil.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Atarde, 23/09/2021

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 7 =

Botão Voltar ao topo